Ser Ou Não Ser

 

O camarada Jorge Cordeiro, na sua coluna semanal no Diário de Notícias de 13.04.2018, discutindo as causas da pobreza, falando da produção da mais-valia pelos operários, verberando as injustiças sociais, afirma no seu artigo que «Por mais que o recusem, a questão está na crescente desigualdade da repartição da riqueza criada entre capital e trabalho.» Ora, por mais que ele recuse, a “questão [não!!!!!!!] está na crescente desigualdade na repartição...” A questão está no facto de existir, de um lado, capital e do outro força de trabalho, de um lado os proprietários dos meios de produção e do outro os que não os possuem, engendrando a contradição básica do capitalismo. A questão está toda aqui e não ali: de um lado, a luta para acabar com o capital e com a força de trabalho como mercadoria - a relação de exploração - e do outro a luta por uma melhor repartição da riqueza entre o trabalho e o capital. Reduzindo a questão à sua expressão mais simples: de um lado os que lutam contra o sistema capitalista, do outro os que lutam por melhorias (se é que é possível no atual estado de coisas) ou reformas do sistema capitalista.

 

O camarada J.C. compreendeu ao contrário a citação de Marx que fez no seu artigo: «as relações de distribuição são apenas as relações de produção sob uma outra espécie».

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload