Mudam-se Os Tempos, Mudam-se As Vontades

  • Será que já não nos causa indignação a situação de miséria em que vive 1,5 milhões de reformados que auferem pensões inferiores ao salário mínimo nacional?  E o facto de a pensão média ser de 372,96€ (em 2008, nas palavras de...

No Final São Sempre Os Mesmos A Perder

O PCP acaba de viabilizar o Orçamento de Estado de um governo PS em minoria, um governo de direita que pratica políticas de direita. Todo o processo foi nebuloso para a generalidade dos trabalhadores. Primeiro, o PCP deixava em abe...

O OE para 2020 está na linha do que era absolutamente esperado: promessas, mentiras e migalhas, dentro da ordem capitalista vigente. Assim sendo, de forma resumida, repetimos que é um orçamento para a classe capitalista nacional e internacional que mantém inalterado o...

Marcas de classe no programa do governo do PS

Um novo governo do PS em minoria tomou posse e apresentou o seu programa. Nada traz de novo e continua a apresentar as suas inequívocas marcas de classe. Desde logo, todo o condicionamento das suas políticas ao princípio das...

(A propósito da greve do SNMMP)

As greves do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), designadamente a de 12 agosto, marcada por tempo indeterminado – e o posterior pré-aviso de greve ao trabalho suplementar, de 7 a 22 de setembro, greve não conc...

Como se esperava, e sem que tal constitua motivo de contentamento, a CDU obteve um mau resultado nas eleições legislativas no passado dia 6 de outubro. Foi dos  resultados mais baixos de sempre e traduziu-se na perda de 5 deputados – 1 em Lisboa, 1 em Setúbal, 1 no Por...

Balanço De Quatro Anos De "Posição Conjunta"

Sempre a favor do capital

No plano internacional, estes quatro anos foram marcados pelo acirramento das contradições interimperialistas e pela intensificação dos perigos para o mundo da política aventureira e belicista dos EUA...

As tentativas de destruição do PCP ou a sua transformação num partido social-democrata por dentro, são históricas e constantes.

Entre 1956-1959, vigorou como linha do Partido um desvio de direita, reconhecido pelo PCP na reunião do Comité Central de março de 1961 (http:...

Esperando ainda que a discussão no Partido tivesse tido um outro rumo, escrevemos só agora a presente reflexão na sequência do Comunicado do CC cuja análise às eleições parlamentares consideramos não se ajustar à realidade.  Consideramos, igualmente, que,  nas reuniões...

A política de quadros e o estilo do trabalho de direção e a linha política  não se podem separar    num partido revolucionário, uma serve a outra. Sabemos pela história do nosso próprio Partido e pela história de outros partidos comunistas que, se existe uma linha polí...

Please reload

Categorias
Procurar por tags
Please reload